Setor de joias aposta em inovação


Depois de experimentar queda de receita de 5% no ano passado, a primeira vez em oito anos, o setor de joias e bijuterias do estado do Rio de Janeiro têm investido na mistura de pedras preciosas e com material sustentável para recuperar os negócios perdidos com a crise econômica enfrentada pelo país.

É o caso da designer Sílvia Blumberg, que cria suas peças transformando, o que muitos consideram lixo, em luxo. Papel, resíduos de tijolo e de cimento, pó de madeira, bagaço de cana, areia da praia são alguns dos materiais usados.


Com intuito de mostrar o trabalho de profissionais que apostam nesse nicho e no uso criativo de novos materiais, a associação lançou o Guia É do Rio!, no final de abril, que apresenta joias e bijuterias feitas a partir de pedras preciosas em estado bruto ou lapidado e com materiais sustentáveis, como prata e titânio, misturados a tecido e borracha, por exemplo.


Fonte e foto: Agência Brasil


Divulge sua empresa.

Saiba mais..