Missão do Rio Grande do Sul e o carvão mineral


A missão do governo do Rio Grande do Sul, que começou no dia 5, terminou ontem. O governo gaúcho solicitou apoio aos japoneses no desenvolvimento de tecnologias eficientes e sustentáveis para uso do carvão mineral.


Uma série de reuniões sobre a exploração sustentável do carvão e o aproveitamento da tecnologia japonesa no Rio Grande do Sul marcou o primeiro dia de trabalho do governador José Ivo Sartori em Tóquio, no Japão. Após visitar a Usina Hitachinaka Power Plant, Sartori reuniu-se com executivos da Copelmi Mineração e das empresas PWC Advisory LLC, Tokyo Electric Power Company Holdinfs (Tepco) e IHI Corporation. Há interesse e um estudo de viabilidade já concluído para construir uma usina térmica de carvão de alta eficiência, para geração de energia, no Rio Grande do Sul.


A iniciativa, com investimento de cerca de 2 bilhões de dólares, tem apoio do governo japonês. Os próximos passos dependem de liberação ambiental e posterior realização de leilão, pelo governo federal brasileiro. "O Rio Grande do Sul é estratégico porque possui 90% das reservas de carvão do Brasil e pela sua localização. Queremos ser referência no uso dessa tecnologia em nosso país, para que a exploração desse recurso seja viável econômica, social e ambientalmente", defendeu o governador.


https://www.youtube.com/watch?v=X0qDiH0zLJo



Fonte e foto: Governo RS


Divulge sua empresa.

Saiba mais..